Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado.Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas. "





Título: Objetos Cortantes
Editora: Intrínseca
Autor(a): Gillian Flynn
Páginas: 256
Gênero:
Ano: 2015
Nota: 





Publicado primeiramente pela Rocco com o título "Na própria carne", o livro foi lançado esse ano pela Intrínseca com o título Objetos Cortantes.

Objetos Cortantes e um thriller psicológico incrível. Quando se fala de Gillian Flynn não poderia esperar menos.

O livro é narrado pela Camille Preaker que aos poucos nos conta quem ela é, quem são as meninas assassinas que ela precisa falar uma reportagem e o que passa em Wind Gap,sua cidade natal.
A linguagem utilizada no livro é envolvente e ao mesmo tempo esdrúxula, chegando a ser horripilante em alguns pontos. Ele possui uma divisão e formatação que ajuda na leitura e quando você vê, já acabou de ler.

Particularmente, não acredito que Objetos Cortantes seja melhor que Garota Exemplar. para quem leu, não espere aquela genialidade aqui. Gillian mantem sua perfeição em um caminho diferente, te levando a uma trama familiar com questionamento de caráter, não de uma forma detalhista mas te embarcando em um suspense que te deixará de queixo caído quando acabar.

Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. 



~Jess

Deixe um comentário